https://www.youtube.com/watch?v=Ykzl7GMe_f0

Desde à uns tempos a tecnologia Powerline têm se vindo a popularizar bastante no mercado de soluções de internet domésticas. Porém, esta tecnologia não é perfeita, e deixa a desejar em alguns quesitos, e talvez o equipamento que trago a Review hoje é a solução perfeita para ti.

Parte frontal do Devolo GigaGate

Estou a falar do Devolo GigaGate, que ao contrário de uma Powerline, a comunicação de dados acontece entre uma ponte Wi-Fi de alta velocidade entre os dois equipamentos que constituem o produto; a base e o satélite. Um deve ficar ligado ao Router, através de um cabo RJ45 já incluído e o outro deve ficar na zona onde existe menor cobertura, respectivamente.

Falando mais propriamente do seu exterior, ambos contam com o mesmo design e o mesmo acabamento black piano. Onde se começam a ver as diferenças é nas conexões, onde o satélite tem 1 saída Gigabit, onde se recomenda ligar a um dispositivo que consuma mais banda, como um PC e mais 4 saídas limitadas a 100Mbps, para ligar outros dispositivos como consolas, SmartTV´s, etc, enquanto a base têm a somente necessária entrada Gigabit para ligar ao router.

devolo-gigagate-2
Conexões do Devolo GigaGate

 

Configuração

A minha experiência de configuração deste dispositivo foi praticamente nula, uma vez que conectando os dois dispositivos correctamente, em 1 a 2 minutos, estava tudo pronto para uso.

Ainda assim, se algo não estiver do vosso agrado, podem fazer todas as configurações do dispositivo através da app Devolo Cockpit, disponível para todas as plataformas de PC, Android e iOS.

devolo-gigagate-3
Software Devolo Cockpit

 

Velocidade

Agora que já sabem como este equipamento funciona fica a duvida; uma vez que não se comunica através de nenhum meio físico, o quão eficaz é?

A cerca de 3-4 metros de distância, com 2 paredes pelo meio, e utilizado ligação por cabo, consegui obter através do software iPerf uma velocidade de banda que rondava os 300Mbps, com mínimas de 280Mbps e máximas de 320Mbps.

Em transferência de ficheiros de um ficheiro entre dois PC´s, foi possível obter valores de 50Mb/s, com mínimas de 45 a 46 Mb/s.

 

Veredicto

Em tom de conclusão, o Devolo Gigagate não é para toda a gente, especialmente pelo seu preço de mercado salgado de 200 euros.

Vale frisar que este equipamento é mais sensível a distância do que uma Powerline convencional, e que nos meus testes, na divisão mais longe do router, enquanto a Powerline ainda consegue funcionar, o Gigagate têm dificuldades em conectar-se á base.

Ainda assim, se por algum motivo um KIT de Powerlines não se enquadra na tua situação, como por exemplo, por incompatibilidade com a tua instalação eléctrica, ou se priorizas a alta velocidade de transferência entre dois equipamentos a curta distância, esta pode ser uma óptima solução.

Obrigado á Devolo pela cedência deste equipamento para análise.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here